5 tendências das tecnologias wearables na saúde

Folder

Entre as inovações tecnológicas que impactaram diretamente o exercício da Medicina, os wearables surgiram como uma boa opção para obter dados capazes de otimizar a relação entre médico e paciente.

Trata-se de dispositivos que podem ser facilmente acoplados ao corpo, como pulseiras, relógios, óculos e roupas, e que promovem diversos benefícios, entre eles a agilidade nos hospitais tratamentos home care, variedade de dados, entre outros.

Nesse cenário, o site de negócios Business Insider realizou uma pesquisa sobre as últimas tendências em dispositivos de monitoramento médico e tecnologias vestíveis na área da Saúde. Confira:

  • Rastreadores fitness vestíveis: Considerados umas das formas mais simples e originais de tecnologia vestível, os rastreadores de fitness vestíveis são pulseiras equipadas com sensores para acompanhar a atividade física e a frequência cardíaca do usuário. Eles fornecem recomendações de saúde e fitness, sincronizando com vários aplicativos para smartphone.
  • Relógios inteligentes de saúde: Os relógios inteligentes são ferramentas de assistência à saúde clinicamente viáveis. Já existem modelos que têm por função monitorar os ritmos cardíacos dos usuários e alertar aqueles que sofrem de fibrilação atrial, por exemplo. Eles também oferecem alguns dos benefícios de rastreamento de exercícios e saúde dos rastreadores fitness.
  • Monitores de ECG vestíveis:Existem modelos disponíveis no mercado capazes de realizar um eletrocardiograma e enviar a leitura ao médico do usuário, além de detectar fibrilação atrial. Também podem rastrear ritmo, distância e elevação, além de rastreamento automático para caminhadas, corridas, natação e ciclismo. Essa categoria de wearables, com o produto Move ECG, da Withings, recentemente ganhou o prêmio de melhor vestuário no 2019 Consumer Electronics Show.
  • Monitores de pressão arterial vestíveis: São monitores oscilométricos da pressão arterial que podem medir a pressão sanguínea e a atividade diária – como medidas tomadas, distância percorrida e calorias queimadas.
  • Biosenssores: Os biossensores são dispositivos médicos portáteis, bem diferentes dos rastreadores de pulso e dos relógios inteligentes. Essa categoria é, geralmente, apresentada em forma de adesivo e permite que os pacientes se movimentem enquanto coletam dados de movimento, frequência cardíaca, frequência respiratória e temperatura.

De acordo com a pesquisa Business Insider Intelligence, a base total instalada de rastreadores fi tness e wearables baseados em saúde nos Estados Unidos crescerá a uma taxa anual de 10%, ultrapassando 120 milhões em 2023. Essa tendência ascendente também pode influenciar a decisão das seguradoras, prestadores de serviços de saúdee empresas de aproveitar os benefícios dos dispositivos de monitoramento de saúde wearable.

Compartilhe