Consultório médico: abrir o próprio ou trabalhar para terceiros?

Entender os caminhos possíveis de sua carreira, levando em conta as oportunidades e desejos, é uma tarefa bem complicada na área da medicina: trabalhar em clínicas ou consultórios de terceiros, atendendo pacientes, realizando exames e prestando serviços, ou montar sua própria clínica ou seu consultório e assumindo todos os riscos inerentes a um negócio?
O objetivo desse curso é trazer ao ouvinte os principais questionamentos que encaminhem o raciocínio da escolha, de tal forma que o interessado possa avaliar, considerando suas características, qual alternativa é mais apropriada ao seu estilo.

Jeanete Herzberg
Jeanete Herzberg

Formada em Administração de Empresas pela FGV EAESP; diretora de Interact Gestão de Negócios, empresa prestadora de serviços em processos decisórios, gestão de clínicas e outros empreendimento; autora do livro “Sociedade e Sucessão em Clínicas Médicas” pela DOC Content; membro do Conselho Consultivo da Sociedade Brasileira de Administração em Oftalmologia (gestão 2016-2018).

O que vou aprender aqui?

O objetivo desse curso é trazer ao ouvinte os principais questionamentos que encaminhem o raciocínio da escolha, de tal forma que o interessado possa avaliar, considerando suas características, qual alternativa é mais apropriada ao seu estilo.

Apresentação

Apostila: consultório médico – abrir o próprio ou trabalhar para terceiros

Consultório próprio ou trabalhar para terceiros? Eis a questão

Consultório próprio ou de terceiros: mitos e verdades

Quiz

Trabalhar em clínicas de terceiros: colocando na tabela

Infográfico: vantagens e desvantagens em trabalhar em clínicas de terceiros

Quiz

O que significa ser dono de um negócio? Os desafios do médico empresário

Os passos do médico como sócio

Quiz

Preocupações societárias: o que aceito e não aceito?

Checklist: o que aceito?

Quiz

Avaliação final

Compartilhe