Fiocruz Brasília disponibiliza cartilha sobre saúde mental na pandemia

17/07/2020

Folder

Embora na vigência de pandemias o foco primário de atenção da sociedade comumente seja a saúde física e ênfase na prevenção da doença, não se pode subestimar ou negligenciar outras demandas, tais como as que envolvem a proteção social.

No Brasil, diante do panorama decorrente da pandemia de covid-19, destaca-se a relevância da política de assistência social, organizada pelo Sistema Único de Assistência Social (SUAS), por meio da provisão de serviços, programas e projetos socioassistenciais que visam à garantia de inclusão a todas as pessoas que se encontram vulnerabilizadas.

Pensando nisso, em julho, a Fiocruz Brasília disponibilizou de forma online a nova cartilha da série sobre saúde mental e atenção psicossocial na pandemia de covid-19. Nesse contexto, o objetivo da cartilha é abordar orientações para a prática de trabalhadores e gestores do SUAS durante a pandemia, considerando os níveis de proteção social, que não devem ser subestimados e nem negligenciados.

As recomendações foram elaboradas pelo Centro de Estudos e Pesquisas em Emergências e Desastres em Saúde da Fiocruz, sob a coordenação da diretora da Fiocruz Brasília, Fabiana Damásio, e com a participação da pesquisadora Débora da Silva Noal.

Compartilhe